Quais são e para que servem os principais filtros para veículos

Quais são e para que servem os principais filtros para veículos</

O motor é o coração do seu veículo e um sistema repleto de componentes, que exige constante atenção para garantir uma vida útil longa. Os filtros para veículos, são alguns desses componentes responsáveis por garantir seu pleno funcionamento!

No entanto, existem mais de uma categoria de filtros, o que pode gerar bastante confusão, pois cada filtro possui uma função específica no veículo. 

No post de hoje separamos os principais filtros automotivos e suas funções dentro do veículo!

Filtro de combustível

O Filtro de Combustível é de essencial importância para garantir o pleno funcionamento do motor. 

É ele o responsável por filtrar e impedir que impurezas como ferrugem ou poeira, presentes no combustível, atinjam peças sensíveis como a bomba e os bicos injetores, também evitando o entupimento da mangueira. 

Portanto, sem a troca do filtro de combustível, o veículo pode apresentar problemas para dar partida, marcha lenta e consumo excessivo de combustível

Recomenda-se a troca do filtro de combustível entre 10 mil e 15 mil quilômetros rodados ou segundo indicações no manual da montadora. 

Filtro de ar do motor

Em primeiro lugar, é necessário entender que existem dois tipos de filtros de ar: o filtro de ar do motor e o filtro de ar-condicionado. 

O filtro de ar do motor tem como função evitar que impurezas cheguem até a câmara de combustão do motor e evitar o desgaste de peças como bielas e pistões.

Elaborado em um tipo de papel especial, ele consegue reter desde partículas menores e mais finas, até as maiores e mais pesadas. 

O excesso de sujeira na câmara do motor exige maior intensidade por parte do veículo e sem a troca do filtro de ar do motor, o veículo pode consumir mais combustível, apresentar marchas lentas e perda de potência

O prazo recomendado para sua troca varia de acordo com a região em que o motorista costuma dirigir. 

Se estamos falando de regiões urbanas, o recomendado é que a troca ocorra a cada 10 mil quilômetros. 

Já em áreas rurais, onde há predominância de estradas de terra, recomenda-se a troca a cada 5 mil quilômetros. 

Leia também: “Conheça 7 tipos de multas por falta de manutenção”

Filtro de óleo

Outro item de extrema importância para o correto funcionamento do veículo, o filtro de óleo retém os resíduos produzidos pela fricção do motor e queima de combustível, evitando que essas partículas entrem em contato com peças internas e prejudiquem o motor. 

Além disso, o filtro de óleo contribui para lubrificação eficaz dos componentes e economia de combustível

Sem a troca do filtro de óleo, pode ocorrer desgaste nas peças, maior gasto de combustível e baixo desempenho por parte do veículo. 

Recomenda-se a troca do filtro de óleo de maneira simultânea com o óleo em si, impedindo que o lubrificante antigo, misture-se com o novo. 

A troca do óleo deve ocorrer a cada 10 mil a 15 mil quilômetros rodados.  

Além disso, recomenda-se a utilização de apenas um tipo de óleo e que seja de boa qualidade. 

Filtros separadores

Um pouco mais desconhecidos pelo público em geral, os filtros separadores são utilizados em motores a Diesel, para separar a água do combustível.

Além disso, ele evita a contaminação, a perda de lubricidade do combustível e outros danos ao motor. 

Sem a troca dos filtros separadores, o veículo passa a consumir mais combustível e emitir mais fumaça pelo sistema de escape,  além de poder ocorrer danos aos bicos injetores, bomba, oxidação de partes metálicas e perda de pressão. 

Por fim, fecomenda-se que a troca dos filtros separadores ocorra a cada 25 mil quilômetros rodados ou a sinais como fumaça, que possam indicar a necessidade de uma troca prematura. 

Filtro de ar-condicionado

Já o filtro de ar-condicionado não possui relação com o motor, mas é de extrema importância para a cabine do veículo!

Ele é o responsável por filtrar o ar que entra na cabine, impedindo a entrada de odores desagradáveis e partículas poluentes que podem prejudicar a saúde dos passageiros. 

Resumindo: é o filtro de ar-condicionado o componente responsável por deixar o ar dentro da cabine o mais puro possível. 

Portanto, sem a troca do filtro de ar-condicionado, pode ocorrer a proliferação de maus odores, fungos e bactérias e doenças respiratórias!

Embora a sua troca não possua um prazo estipulado ou recomendado, é necessário estar atento a alguns sinais que possam indicar que o prazo de validade do seu filtro está no fim. 

Se você notar perda de fluxo do ar ou presença de odores desagradáveis, talvez esteja na hora de trocar o seu filtro de ar-condicionado!

O ideal é que o item seja verificado a cada 20 mil quilômetros rodados ou sempre que visitar uma oficina mecânica. 

Por fim, para um funcionamento correto e menos dores de cabeça e gastos, os motoristas devem estar sempre atentos para as condições de todos os filtros automotivos em seu veículo.

Afinal, um pequeno problema hoje pode acabar implicando em algo maior no futuro!

Você sabia que na Meirecar você pode ter acesso ao catálogo completo de peças e comprar filtros e outros acessórios, através do WhatsApp?